Quais profissionais podem aplicar procedimentos injetáveis estéticos?

Autor: Renata Pádua.

Você tem dúvidas de quais profissionais podem aplicar procedimentos injetáveis estéticos? Confira a seleção de respostas que reunimos para você!

Se você está lendo este blog, é porque está pensando em aplicar procedimentos estéticos injetáveis, certo? Tenha certeza de que veio ao lugar certo!

Como você já deve saber, os injetáveis estéticos são tratamentos minimamente invasivos que proporcionam aos clientes os tipos de resultados que desejam sem ter que se submeter a cirurgias invasivas. 

Quando feito por profissionais experientes, os resultados parecem completamente naturais e ocorrem com o mínimo de tempo de inatividade. Por isso, é extremamente importante ir a um profissional treinado e certificado que saiba o que está fazendo.

Mas, quem pode aplicar injetáveis estéticos? Esse é o nosso tema de hoje, leia até o final e descubra!

Terapias injetáveis na estética: o que é?

Injetáveis, como o próprio nome sugere, são substâncias aplicadas de forma subcutânea através de injeção em diversas áreas da face e do corpo que precisam ser tratadas. 

Entre os tratamentos faciais mais solicitados, certamente encontramos os que são à base de preenchedores ou substâncias injetáveis, ​​úteis tanto para contrariar os sinais de envelhecimento, como para harmonizar o rosto, adicionando volume em áreas específicas.

Existem vários tipos de injetáveis estéticos oferecidos na indústria da beleza, esses incluem:

Toxina botulínica (Botox)

Uma das opções mais populares e duradouras em injetáveis ​​cosméticos, as injeções de Botox são derivadas da toxina botulínica e injetadas em quantidades seguras para paralisar seletivamente os músculos do rosto que levam ao aparecimento de linhas e rugas.

Preenchimentos dérmicos

Esse procedimento injetável, pode ser usado ​​estrategicamente para restaurar o volume, ajudar na perda de colágeno e realçar áreas do rosto. A maioria dos preenchimentos dérmicos são feitos de ácido hialurônico, sendo uma substância natural em nossos corpos que torna a pele macia e flexível. 

Bioestimuladores de colágeno e fios faciais

Bioestimuladores são compostos que podemos injetar na derme (camada profunda da pele) para estimular o crescimento de novos tecidos. Em vez de simplesmente injetar volume, como fazemos quando usamos um preenchimento dérmico, um bioestimulador ajudará sua pele a produzir naturalmente seu próprio volume.

Injetável para Microvasos

Esse tratamento estético é indicado para tratamento de “vasinhos” que vão aparecendo (ao longo do tempo) nas pernas. Para realizar esse tratamento, utiliza-se uma agulha fina, contento uma solução chamada glicose hipertônica; é essa solução que fará os vasinhos diminuir, até desaparecer.

Plasma rico em plaquetas (PRP)

PRP tem sido usado no campo da assistência médica estética para aumentar o rejuvenescimento facial, volume e brilho, ajudar a curar cicatrizes, bem como reforçar e promover uma cicatrização mais rápida após a cirurgia plástica.

Quais profissionais podem aplicar esses procedimentos injetáveis estéticos?

Uma das questões mais importantes ao falar sobre injetáveis estéticos, é quem pode (e não pode) realizá-los. Muitas vezes tende a ver alguma confusão sobre o assunto, que pode ser causada pela diversidade de informações online disponíveis hoje, além das variações na lei sobre essa técnica em cada país.

As injeções de Botox, por exemplo, são classificadas como um “procedimento cosmético minimamente invasivo”. Isso significa que deve existir um entendimento abrangente da anatomia corporal, experiência prática do profissional, bem como conhecimento e prática sobre a técnica de injeção, localização das aplicações e dosagens adequadas para as áreas a serem tratadas.

Então, quando se trata de saber exatamente quem pode aplicar procedimentos injetáveis na estética, nós, do IESE, temos uma resposta muito clara: Médicos, Cirurgiões Dentistas, Enfermeiros Estetas, Farmacêuticos Estetas, Biólogos Estetas e Biomédicos Estetas, podem aplicar procedimentos injetáveis.

A razão principal para garantir que esses procedimentos sejam realizados por um profissional licenciado é o gerenciamento de complicações. Vamos entender essa importância com um exemplo:

“Injetar preenchimento dérmico em um vaso sanguíneo ou em uma artéria na face (ou lábios), pode bloquear os vasos, e se isso não for reconhecido e tratado rapidamente pode levar à necrose irreversível (morte da pele) naquela área. 

Embora o risco de ocorrência dessas complicações seja mínimo, um profissional de saúde capacitado tem o conhecimento e as habilidades necessárias para agir sobre os sintomas de maneira rápida e correta.

Afinal, vale a pena investir nessa área?

Você já parou para pensar em como será o futuro dos injetáveis na estética e quais as tendências que podem surgir nos próximos anos?

À medida que a tecnologia e a medicina continuam avançando, os procedimentos não invasivos estão aumentando. Com isso, resultados impressionantes podem ser alcançados para que a aparência física de uma pessoa possa ser drasticamente melhorada sem ter que ir à “faca”.

Diante dessa informação, quando se trata de prever as tendências injetáveis ​​para o futuro, podemos esperar um aumento no número de pacientes que optam por injetáveis ​​em vez de cirurgia.

Novas tecnologias continuam a se desenvolver para apertar, moldar, levantar e rejuvenescer a pele. Muitos pacientes preferem procedimentos estéticos não invasivos de baixo risco devido à sua praticidade e segurança.

Outra mudança de mercado que tem sido observada recentemente é que a porcentagem de clientes do sexo masculino que consultam dermatologistas e clínicas de estética está aumentando. Para os próximos anos, espera-se que o número aumente ainda mais. Os homens solicitarão preenchimentos faciais, tratamentos de lifting e rejuvenescimento da pele. 

Respondendo à pergunta: sim, vale muito a pena investir nessa área! Se você deseja trabalhar com procedimentos injetáveis na estética, se habilitar com cursos de especialização, será apenas o início do seu sucesso!

Cursos injetáveis ​​para você começar na estética

Se você é um profissional da área da saúde e está em busca de um curso de curta duração e pós-graduação, aqui, no IESE, temos a solução.

Oferecemos treinamento renomado e de alta qualidade em injetáveis para biomédicos, dentistas, enfermeiros, biólogos, além de outros profissionais da saúde.

Nosso curso, visa reunir todos os conhecimentos obrigatórios que o praticante deve ter antes de iniciar sua carreira em injetáveis. O estudante terá, no final deste ensino, conhecimentos anatômicos, técnicos e habilidade para realização de procedimentos seguros.

Cursos de Injetáveis Estéticos IESE.

Para se inscrever, basta clicar aqui. “Queremos ser claros; o objetivo deste blog não é estabelecer regras e regulamentos, simplesmente fornece algumas informações sobre uma pergunta comum. Incentivamos todos os profissionais médicos a entrar em contato com seus respectivos órgãos reguladores para obter regras e regulamentos.”

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Categorias:

loading...

Faça parte do nosso canal do Youtube e tenha acesso a Conteúdos Exclusivos!